Óleo essencial terapêutico Pinus pinaster - Pinheiro

Óleo essencial terapêutico Pinus pinaster - Pinheiro

12,00 €Preço

Família botânica: Pinaceae
Espécie: Pinus pinaster Aiton
INCI: Pinus pinaster twig/ leaf oil
EINECS: 290-166-2
CAS EU: 90082-75-0
Nome comum em português e inglês: pinheiro bravo; cluster pine
País de origem: Portugal
Origem da planta: selvagem
Processo da destilação: destilação por arraste de vapor
Partes da planta usadas: agulhas, galhos, ramos jovens
Cor: transparente
Aroma: fresco, doce, resinoso
Nota em perfumaria: nota de saída
Embalagem10 mL
Quimiotipo: alpha-pinene
Certificação BIO: PT-BIO-03 Sativa, Agricultura de Portugal
Propriedades gerais: anti-inflamatório, antibacteriano, diurético, sedativo, analgésico, antisséptico, cicatrizante.
Terapêutica: irritações de vias respiratórias (expectorante e descongestionante quando se tem tosse, sinusite, asma, rinite, bronquite); estimulante circulatório e analgésico - útil em casos de dor ciática, dor muscular ou articular, artrite, torcicolo, dor de garganta (massagem local de 1-10 % ou mesmo até 20 % diluido num óleo base de qualidade); tónico do sistema circulatório e do sistema nervoso central. Um dos óleos essenciais mais produzidos do Mundo!
Aromaterapia: pinheiro bravo tem um aroma doce e caloroso - útil quando se pretende baixar a tensão emocional ou mesmo depressão (inalar diretamente da garrafa, aromatizar espaços interiores, banho aromático
ou massagem).
Cuidados a ter: o uso de óleo essencial terapêutico é desaconselhado por grávidas, se estiver a amamentar, em crianças com idade inferior a 3 anos, idosos e pessoas com estado de saúde fragilizados (epilepsia, asma).
Conservação: deve guardar o seu óleo essencial terapêutico num recipiente de vidro escuro herméticamente fechado em local fresco e ao abrigo do luz solar, fora de alcance das crianças!
Validade: 24 meses se conservado como indicado acima.
Antes de uso: o óleo essencial terapêutico (100% puro) deve ser diluído antes de usar na pele. Aconselhamos efetuar o teste de tolerância colocando 1-2 gotas de óleo essencial na parte interior do cotovelo e aguardar durante 24 horas. Se a pele não reagir (comichão, vermelhidão, ardência ou inchaço), pode utilizar o óleo essencial terapêutico sem diluir (casos específicos de tratamento).

  • Instruções de utilização

    Diluição: 

    Quantidade de óleo base
    ou creme em mL
    Diluição pretendida
    em %
    Quantidade de óleo essencial terapêutico em mL Quantidade de óleo essencial terapêutico
    EM GOTAS
    5 1/ 2/ 3/ 4/ 5 0,05/ 0,1/ 1,5/ 2/ 2,5 1/ 2/ 3/ 4/ 5

    10
    1/ 2/ 3/ 4/ 5 0,1/ 0,2/ 0,3/ 0,4/ 0,5 2/ 4/ 6/ 8/ 10
    20 1/ 2/ 3/ 4/ 5 0,2/ 0,4/ 0,6/ 0,8/ 1 4/ 8/ 12/ 16/ 20
    30 1/ 2/ 3/ 4/ 5 0,3/ 0,6/ 0,9/ 1,2/ 1,5 6/ 12/ 18/ 24/ 30

     

  • Produtor

    Naturalness - "Somos um casal com três filhos e mudámo-nos há oito anos de Carcavelos para Louriçal do Campo. Temos trabalhado durante seis anos com as plantas de flora portuguesa. Começamos com a esteva (Cistus ladaniferus) e hoje temos disponível “A Coleção Portuguesa” de óleos essenciais puros. Produzimos também hidrolatos. Os óleos vegetais são de prensagem ao frio e manual."

     

    "Um dia de trabalho no campo começa ás oito horas de manhã. Apanhamos as plantas com a foice e colocamos no atrelado de trator. Trazemos até a destilaria situada nas margens da Ribeira Ocreza na encosta da Serra da Gardunha. O processo de extração de óleo essencial é feito através de destilação por arraste de vapor que pode demorar entre duas horas até quatro horas e meia. Resultado é um óleo essencial puro, concentrado, que contem inúmeras substâncias naturais. O consumidor deve usar o óleo essencial com cuidado e devido respeito."